RSS

Arquivo da tag: Rezar

A nossa vida de Oração e os nossos sentimentos…

Oracao - Livres de Todo Mal“Se você não reza, não fala com Jesus; então você não O conhece!” (Papa Francisco)

Não sei se com você é assim, mas posso sem medo afirmar esta minha verdade: Como é difícil rezar! Como é difícil mantermos um “ritmo”em nossa Vida de oração, em nossa Espiritualidade!!
Há dentro de cada um de nós um desejo intenso de ser de Deus, de servi – Lo mais e melhor e de nos tornarmos homens e mulheres de Oração. Mas o que experimentamos em nosso dia a dia parece ser contrario à tudo o que o nosso coração deseja; e é mesmo!

Facilmente experimentamos em nossa caminhada cristã a real trajetória da decepção conosco, decepção que se da por meio das nossas falhas, das nossas quedas e pecados; e ainda mais decepção de não conseguimos cumprir o que por diversas vezes nos comprometemos com Deus; que é rezar… …Continue lendo…

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 26 26UTC fevereiro 26UTC 2014 em Geral, Libertação

 

Tags: , , , , ,

Podemos perder o nosso processo de Cura e Libertação?

Quando tomamos o propósito de termos uma vida plena em Deus, logo entendemos também de que para melhor servir – Lo precisamos entrar em um processo profundo de Cura e Libertação. Este processo é importante pois, permite que com o tempo vá caindo de nós tudo aquilo que nos impede livremente de caminhar em Deus. É um processo lindo, por vezes doloroso; mas sempre trazendo à nossa vida à liberdade em Deus.

Mas descobri que este lindo processo que por iniciativa de Deus foi iniciado em nós, ele pode ser perdido; que podemos regredir e até mesmo perder por completo tudo aquilo que já estava sendo cultivado dentro de nós por Deus.

Por isso precisamos aprender como nos manter neste processo. E precisamos aprender o que nos faz perder este processo já inicializado de cura em nós!

Mais uma vez quem nos ensina este lindo, mas exigente caminho é Pe. Rufus Pereira:

“Por isso precisamos saber como nos manter em um processo de cura:

Então a resposta é parecida com um outro tipo de pergunta, e esta pergunta é: Por que eu perco a minha cura interior ou a minha libertação?

A Primeira razão é a seguinte: É porque eu parei de perdoar , parei de pedir perdão e parei de rezar. Portanto para manter o processo de cura interior e libertação, eu preciso a continuar a me arrepender, eu preciso continuar a perdoar, eu preciso continuar a minha renuncia as minhas praticas ocultas.

Porque o arrependimento não é algo que acontece instantaneamente, é uma atitude de vida. Nós temos que nos arrepender até o momento da nossa morte. Porque o arrependimento é uma constante mudança de direção buscando encontrar o caminho de Deus. Portanto especialmente se a pessoas ficou infelizmente muito envolvida no pecado, às vezes não é suficiente fazer uma boa confissão, às vezes é necessário que quase todos os dias este arrependimento seja renovado. É o que a igreja nos convida a fazer no começo de todas as missas.

Com frequência os padres dizem que a RCC enfatizam demais o pecado e a culpa, mas isso não é verdade. Porque é a própria Igreja que nos convida a confessarmos os nossos pecados sempre no inicio da missa. Mas é porque este arrependimento nos faz ficarmos felizes como o filho pródigo.

A confissão é para ser uma experiência de alegria. Portanto um tipo de culpa errada faz você ficar triste. O tipo correto de culpa libera a alegria no coração.

Também se eu fui muito ofendido eu preciso renovar o meu perdão com freqüência.

E às vezes me perguntam como saber se de fato perdoaram aquela pessoa?! E digo que é quando geralmente você se pega rezando por esta pessoa. Se você esta rezando com frequência por aqueles que te ofenderam, você terá então a certeza de que os perdoou.

E ainda mais, se você teve um envolvimento muito grande com o oculto, então você precisa renunciar a estas praticas ocultas, não somente uma vez , mas com frequência. É por isso que todos os anos no período da páscoa a igreja nos convida a fazer a oração formal de renuncia, e a renovação das nossas promessas de batismo. Então é por isso que temos que renovar a nossa renúncia das práticas ocultas com frequência.

Portanto para manter-me no processo de cura e libertação preciso continuar me arrependendo, perdoando e renunciando.

A segunda razão pela qual eu perco o meu processo de cura interior e libertação é porque eu parei de rezar e ler a bíblia. Eu parei de manter o meu relacionamento profundo com Jesus. Porque a cura para nós Cristãos não é somente tomar um medicamento. A cura Interior é ter a cura e a presença de Jesus conosco, e é preciso manter o meu relacionamento com Jesus Àquele que cura e liberta.

E como eu mantenho este relacionamento?

Comprometendo  a mim mesmo a passar todo os dias em oração. Principalmente a oração de louvor e adoração. E eu preciso me comprometer a cada dia a gastar um pouco de tempo na leitura da Palavra de Deus. Mesmo que você consiga ler um versículo da Bíblia todos os dias é suficiente. Porque quando eu leio as escrituras Deus esta falando e eu estou escutando. E quando eu dou um tempo para a minha oração pessoal sou eu quem fala e Deus esta ouvindo. Então isso é relacionamento!

Suponhamos que num relacionamento nem a mulher e nem o marido falem, isso não é relacionamento!

Suponhamos que num relacionamento o marido e a mulher falem juntos o tempo todo, isso não é relacionamento.

Relacionamento é quando o marido fala e a esposa escuta, e quando a esposa fala o marido escuta.

É exatamente como deve ser o nosso relacionamento com Jesus.

Então para manter a mina cura e a minha libertação eu preciso me comprometer comigo mesmo há dar um tempo para minha oração e a minha leitura da Palavra.

E a terceira e ultima razão pela qual eu perco o meu processo de cura e libertação é porque eu parei de agradecer a Deus. Eu parei de dizer aos outros o que Deus fez por mim. E eu não me preocupo em ajudar os outros que tem problemas iguais aos meus. Portanto para manter minha cura e libertação eu preciso agradecer ao Senhor todos os dias, não esquecendo aquilo que Deus fez por você.

Então se você quer manter a cura que você recebeu, certifique se de agradecer.

E uma razão que pode fazer com que eu perca a cura é porque eu não testemunho a cura.”

Espero que este ensinamento possa nos levar a ter atitudes concretas em nossa vida! É algo muito serio e que precisamos ser responsáveis pelo nosso amadurecimento como Cristãos.

E neste processo de cura e libertação, para sermos “Livres de todo Mal” precisamos de disciplina.

Peça a Deus a graça de você ser disciplinado(a).

Depois me conte os resultados.

Deus abençoe você!

Sobre o Autor:

Danilo Gesualdo, atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail: livresdetodomal@gmail.com Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga Twitter (danilogesualdo)

 
2 Comentários

Publicado por em 3 03UTC janeiro 03UTC 2011 em Geral

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: