RSS

Arquivo da tag: Cura

Os dons que Satanás concede!

Também Satanás dá poderes àqueles que lhe são devotos.

Por vezes acontece que, como ele é um autêntico mentiroso, os destinatários destes poderes não compreendem imediatamente a sua proveniência, ou não querem compreender, tão felizes que ficam por receber estes dons gratuitos.

Pode acontecer que uma pessoa tenha o dom da clarividência; outras vezes basta que ponham à frente uma folha de papel branco, e uma caneta na mão, para redigir espontaneamente páginas de mensagens; outras ainda têm a impressão de se desdobrar e que uma parte do seu ser pode penetrar em casas e ambientes mesmo longínquos; é muito comum que algumas pessoas ouçam uma voz que por vezes sugere oração e muitas outras coisas.

Poderia continuar esta lista. Qual é a fonte destes dons particulares? Trata-se de carismas do Espírito Santo? São presentes de origem diabólica? Ou trata-se muito simplesmente de fenômenos metafísicos? A verdade só pode ser estabelecida depois de um estudo ou de um discernimento efetuado por pessoas competentes.

Quando S. Paulo estava em Tiatira, aconteceu ser perseguido por uma escrava que tinha o dom de adivinhar e que, com este dom, dava muito lucro aos seus patrões. Mas era um dom de origem diabólica, que desapareceu logo quando S. Paulo expulsou o espírito maligno (Act 16, 16-18).

A título de exemplo examinemos alguns extratos dum testemunho assinado por Erasmo di Bari e publicado no Rinnovamento dello Spirito Santo, em Setembro de 1987. As observações que figuram entre parêntesis são colocadas por nós:

Fiz há vários anos, a experiência do jogo do copo sem saber que se tratava de uma forma de espiritismo. As mensagens tinham uma linguagem de paz e de fraternidade (repare-se como o demônio sabe dissimular sob a aparência de bem). Algum tempo depois, recebi poderes estranhos, exatamente em Lourdes (este detalhe também é digno de interesse: não se possam introduzir).

Eu possuía essa faculdade que a parapsicologia define como extrasensorial isto é:clarividência, leitura do pensamento, diagnóstico clínico, leitura do coração e da vida das pessoas vivas ou mortas, assim como outros poderes. Alguns meses mais tarde, apareceu-me outra faculdade: a de suprimir a dor física pela imposição das mãos aliviando ou suprimindo o estado de sofrimento; seria aquilo a que chamam a paranoterapia?

Graças a todos estes poderes, eu podia comunicar facilmente com toda a gente, mas, depois destes encontros, as pessoas ficavam chocadas com o que eu dizia, e ficavam profundamente perturbadas porque eu as condenava pelos pecados que tinham cometido, uma vez que eu via o mais profundo da sua alma. Entretanto, ao ler a Palavra de Deus, dei-me conta de que a minha vida não tinha mudado absolutamente nada. Eu continuava a ser irascível, susceptível às ofensas, lento em perdoar, fácil nos ressentimentos. Tinha medo de carregar a minha cruz, medo do desconhecido que o futuro e a morte representam.

Depois de longas peregrinações e de múltiplos tormentos, Jesus guiou-me até ao Renovamento. Encontrei lá alguns irmãos que fizeram oração por mim e, então, compreendi que o que me acontecia não era de origem divina, mas fruto do maligno. Posso testemunhar que vi o poder de Jesus. Reconheci isso e confessei os meus pecados cometidos no passado, arrependi-me, renunciei a toda a prática oculta. Esses poderes desaparecem e Deus perdoou-me; por isso eu lhe quero dar graças.

Não esqueçamos que a Bíblia também nos fornece exemplos de fatos extraordinários idênticos, realizados por Deus e pelo demônio. Alguns dos prodígios que Moisés realizou por ordem de Deus diante do Faraó, são realizados igualmente pelos magos da corte. Eis porque, quando se trata de fenômenos deste gênero, não basta ter em conta o fato em si: é preciso colocá-lo no seu contexto para determinar a causa.

Devo acrescentar que acontece que muitas vezes as pessoas atingidas por distúrbios maléficos possuem uma sensibilidade particular: apreendem imediatamente se uma pessoa tem negatividade, predizem acontecimentos futuros, têm uma tendência muito clara para querer impor as mãos sobre indivíduos psiquicamente frágeis. Tem por vezes também a impressão de poder influir em assuntos do seu próximo, desejando-lhe mal com uma maldade que está neles próprios, quase com prepotência.

Constatei que é precioso opor-se e vencer todas estas inclinações, para poder obter a cura. ( Padre Gabriele Amorth – Um exorcista conta – nos)

Leia também:

1. “Oração de Renuncia I”

2. Livres de todo Mal – A Origem

3. Posso ir a Cartomantes?

Sobre o Autor:

Danilo Gesualdo, atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail: livresdetodomal@gmail.com Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga Twitter (danilogesualdo)

 
1 comentário

Publicado por em 28 28UTC novembro 28UTC 2011 em Libertação

 

Tags: , , , , ,

Beato João PauloII vs Satanás

O Pe. Gabriele Amorth, sacerdote exorcista da diocese de Roma (Itália) e um dos mais conhecidos e experientes sobre o assunto, assinalou à uma agência de notícia que agora o Beato João Paulo II tem se mostrado, nos últimos anos, um poderoso intercessor na luta contra o demônio.

O Pe. Amorth tem 86 anos de idade e realizou em torno de 70.000 exorcismos em sua experiência. A primeira coisa que salientou em sua colocaçao à agencia foi que: “O mundo deve saber que Satanás existe”.

Em seu pequeno e singelo escritório na zona sudeste de Roma onde realizou a grande maioria de seus exorcismos, o sacerdote contou que por vezes invoca a ajuda de Santos homens e mulheres na luta contra o demônio em seus exorcismos, entre os quais destaca João Paulo II, beatificado pelo Papa Bento XVI em 1º de Maio de 2011 em Roma perante um milhão e meio de fiéis.

Durante os exorcismos, contou o sacerdote: “Perguntei ao demônio mais de uma vez: ‘Por que João Paulo II te dá tanto medo?’ E tive duas respostas distintas, ambas interessantes”.

A primeira foi: ‘Porque ele desarmou meus planos. E acredito que com isso se refere à queda do comunismo na Rússia e na Europa do Leste. O colapso do comunismo”.

A segunda resposta que o demônio me deu foi: ‘Porque arrebatou a muitos jovens de minhas mãos’.

Há muitos jovens que, graças a João Paulo II, converteram-se. Talvez alguns já eram cristãos mas não praticantes, e logo com João Paulo II voltaram para a prática”.

Ao ser perguntado sobre qual seria o intercessor mais efetivo de todos nos momentos dos exorcismos, o Pe. Amorth respondeu sem duvidar: “É obvio que a Virgem Maria é a mais efetiva. E quando é invocada como Maria!” E o Pe. Amorth ainda diz: “Uma vez perguntei a Satanás: ‘Mas por que te assusta mais quando invoco a Nossa Senhora que quando invoco a Jesus Cristo?’ E Satanás me respondeu: ‘Porque me humilha mais ser derrotado por uma criatura humana que ser derrotado por Ele’”.

O Pe. Amorth ainda ressalta a importancia da oração de intercessãode de nós homens, que ainda estamos vivos; e diz que a oração é um dos principais elementos no combate contra Satanas, junto da Fé e do Jejum, e que a bíblia muitas vezes nos mostra que as curas acontecem unicamente por causa da fé das pessoas, e frisa que: “Sem Fé não se pode fazer nada!”

O sacerdote membro da Sociedade de São Paulo explicou logo à agencia ACI Prensa que: “O diabo e os demônios são muitos e têm dois poderes: os ordinários e os extraordinários:

O poder ordinário é a capacidade de tentar o homem para distanciá-lo de Deus e levá-lo ao inferno. Esta ação se realiza contra todos os homens e as mulheres de todo lugar e religião.

Sobre os poderes extraordinários, o Pe. Amorth indicou que estes se concentram em uma pessoa específica e existem quatro tipos:

A Possessão demoníaca: para a qual se requer um exorcismo;

A Vexação demoníaca: como o que sofreu em reiteradas ocasiões o Santo Padre Pio de Pietrelcina que era golpeado fisicamente pelo demônio;

As Obsessões demoníacas: que levam a pessoa ao desespero;

A Infestação demoníaca: que é quando o demônio ocupa um espaço, um animal ou inclusive um objeto”.

O sacerdote alertou que estes fatos são pouco freqüentes, mas estão em aumento. Também manifestou a sua preocupação por consequência do grande crescimento de jovens que são afetados por Satanás através das seitas, das sessões de espiritismo e as drogas; apesar disso diz que não se desalenta nesta luta: “Com Jesus Cristo e Maria, Deus nos prometeu que nunca permitirá tentações maiores que nossas forças”, assinalou.

Finalmente na entrevista o Pe. Amorth propôs uma breve guia a ser tomada em conta na luta contra Satanás:

“As tentações do demônio são vencidas sobretudo, evitando as ocasiões; porque o demônio sempre procura nossos pontos mais fracos,  logo com a oração nós os cristãos temos uma vantagem porque temos a Palavra de Deus, e por meio da Palavra e da oração podemos rezar ao Senhor.”

Deus abençoe você e clame a intercessão deste santo homem de Deus, o Beato João Paulo II e colha todas as graças necessárias na qual o céu lhe reserva.

Click AQUI e rezemos a oração própria para pedir graças por intercessão do Beato João Paulo II.

Leia também:

1. “Livres de todo Mal – A Origem”

2. “Sobre o Autor”

3. “Os demônios podem ler nossos pensamentos?”

Sobre o Autor:

Danilo Gesualdo, atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail: livresdetodomal@gmail.com Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga Twitter (danilogesualdo)

 
4 Comentários

Publicado por em 5 05UTC junho 05UTC 2011 em Geral

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

Orando pelo Sentimento do Medo

Antes de iniciarmos esta oração somente quero ressaltar que aqui não se trata de medos comuns e gerados de maneira natural, mas medos que nasceram por um motivo especifico, por uma causa real e que hoje a consequência destes medos é sempre negativa em nossas vidas.

Oremos:

“Pois o que Deus nos concedeu não é um espirito de medo, mas um espirito de força, amor e domínio de si.”(2Tm 1,7)

Tomando posse desta Tua Palavra Jesus eu quero neste momento pedir que a Tua presença e a força desta Palavra possa agir e ser atualizada em minha vida. Pois percebo hoje em mim Jesus que existem muitas situações de medo que estão me afligindo e me paralisando. Quero pedir a Luz do Teu Espirito Santo agindo agora dentro do meu coração e visitando toda minha historia passada e o momento presente da minha vida.

Traz toda a cura e libertação que o meu coração precisa, que os meus sentimentos e as minhas emoções precisam, e que foram atingidas pelo sentimento de medo.

Ao mesmo tempo em que peço a cura sobre todas as áreas da minha vida atingidas pelo medo, quero também renunciar a este sentimento de medo, venha ele de onde vier e tenha a sua raiz onde quer que seja, peço que eu seja liberto(a) deste sentimento e curado de todas as consequências do mesmo sobre a minha vida.

Quero pedir que o Senhor possa ir me curando dos medos que ainda senti no ventre da minha mãe. Medo de vir ao mundo, medo de sair daquele refugio que era o ventre da minha mãe, eu ainda nem conhecia o mundo, mas eu já sentia medo daquilo que eu poderia viver Jesus. Quando ainda no ventre da minha eu possa ter “ouvido”e “sentido” o medo que ela e o meu pai traziam em si, me do de não conseguir sustentar a minha família, medo do futuro de nossa família, medo do desemprego que poderiam viver; sim Jesus, se estes medos que os meus pais viveram, comigo ainda no ventre da minha mãe, me atingiram de alguma forma, peço que agora o Senhor possa me trazer toda a cura necessária.

Quero pedir que pelo poder do Teu Santo Nome Jesus eu seja liberto de todo e qualquer medo que trago dentro de mim, medos que vivi quando eu era criança, medos que vivi quando eu ainda era um adolescente, e medos que ainda hoje vivo. Quero pedir que  o Teu amor me liberte de todo medo que tenho ainda hoje do escuro, medo de ficar sozinho(a), medo de conversar com as pessoas, medo de falar o que eu penso, medo de falar o que eu sinto, medo do meu pai, medo da minha mãe, medo dos meus avós. Não permita que estes medos me paralisem Jesus.

Me livra e me cura de todo medo que tenho de ir dormir, medo que tenho de levantar da cama, medo de ir trabalhar, medo das minha autoridades, me do de pegar ônibus, medo de pegar metro e outros transportes públicos. Me cura e liberta de todo medo que tenho de ficar em lugares fechados, medo de multidão de pessoas, medo de elevador, medo de andar na rua sozinho(a). Me cura e liberta no poder do Teu nome Jesus do medo que ainda trago de dirigir, medo de andar de carro, medo de sair de dentro de casa, medo de chuva, de trovoes de relâmpagos, medo do vento. Me cura e liberta de todo o medo que trago de animais, medo de insetos…Retira de mim o medo que trago de pegar doenças, medo do câncer, medo da aids, medo de pegar doenças infecciosas, medo até mesmo Jesus de respirar; sim Jesus retira este medo que tenho de me contaminar pelo ar, por bactérias, pois isso muito me angustia. Retira de mim Senhor Jesus todo o medo relacionado a morte: Medo que eu tenho de morrer, me do que as pessoas que me são queridas morram, medo de sofrer antes de morrer, medo de acidentes que me levem a morrer, medo de pessoas mortas, medo de cemitério…Me cura e me liberta Senhor Jesus!

Traz toda a cura que o meu coração precisa Jesus, pois tenho medo até mesmo de Deus, medo dos anjos, medo do demônio, medo de espíritos, medo de fantasmas, renuncio a estes medo e peço a cura e libertação ao meu interior. Me liberta do medo ligado a realidades da nossa fé Católica Jesus: Medo de imagens de Santos, medo de entrar em Igreja, medo de padres, medo de freiras, medo até mesmo de rezar Senhor Jesus….

Traz ao meu coração toda libertação que preciso pelo poder da Vossa Santa Cruz Jesus, rompe com todo e qualquer tipo de medo que possa existir em mim Jesus  de inspiração diabólica, rompe e quebre no poder do Teu nome com todo o circulo vicioso do medo sobre mim e sobre a minha família. Derrama o Teu Sangue sobre a minha família, sobre toda a minha linhagem familiar, sobre toda a arvore genealógica da minha família, quebrando todo e qualquer tipo de medo que possa estar passando de geração em geração. No poder do Teu Santo Nome eu declaro que hoje sou livre de todo o sentimento de medo que eu trazia dentro de mim. Sou um homem livre, sou uma mulher livre, e assim minha família também é uma família livre!!

Muito obrigado Jesus por tudo o que estas fazendo comigo e no meu interior. Obrigado por toda a cura e libertação que eu vivi neste momento. Louvado seja o Seu Nome Jeuss, Bendito seja o teu Santo Nome Senhor Jesus!

E que pela força da Tua palavra que diz: “Pois o que Deus nos concedeu não é um espirito de medo, mas um espirito de força, amor e domínio de si.”, que por esta Palavra o Senhor derrame sobre mim o Espirito Santo, preenchendo aquilo que eram as áreas escuras do meu interior na qual o medo habitavam, e qua na qual estão agora vazias, pois todo o medo foi – se embora. Que o Espirito santo derrame em mim esta força, este amor e este domínio próprio que hoje eu preciso ter. Preenche com a Tua presença Espirito Santo estes espaços e faz de mim um homem, uma mulher cheio (a) da tua presença e da Tua força.

Muito obrigado! Glorias e louvores seja dados a ti Jesus!

Amém.

Sobre o Autor:

Danilo Gesualdo, atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail: livresdetodomal@gmail.com Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga Twitter (danilogesualdo)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 15 15UTC fevereiro 15UTC 2011 em Geral

 

Tags: , , , , , , , , , ,

O Nome de Jesus e o demônio…

Quero começar aqui destacando algo muito importante para  as pessoas que geralmente estão envolvidas no trabalho de oração ligadas ao ministério de cura e libertação.

Toda a oração de cura e libertação, e até mesmo os exorcismos propriamente ditos, tem a sua eficácia e autoridade ligadas ao nome de Jesus. É no nome e pelo nome de Jesus que tudo acontece. É pela autoridade que Ele deu à nós seus filhos que a graça acontece.

Que não tenhamos jamais a presunção de pensarmos que é por consequência da nossa santidade de vida ou por causa de nossas belas orações que o demônio nos obedece e a libertação acontece.

E porque tudo está fundamentado em Jesus e em Seu poder, foi Ele mesmo que nos demonstrou que diante da Sua presença satanás nada pode fazer e nem mesmo permanecer.

Em Marcos esse poder de Jesus é manifesto: “Os espíritos impuros quando O avistavam, lançavam – se aos pés dEle e gritavam: ‘Tu és o Filho de Deus’. E Ele lhes ordenava muito severamente que não o dessem a conhecer.” (Mc 3, 11-12)

Em Mateus é dito: “Ao anoitecer, trouxeram – lhe numerosos endemoninhados. Ele expulsou os espíritos pela palavra e curou a todos os doentes…” (Mt 8, 16)

Lucas também diz: “Ao por do sol, todos os que tinham doentes de toda espécie trouxeram – nos a Jesus; e Ele impondo as mãos sobre cada um deles, os curava. Demônios também saiam de um grande numero, gritando: ‘Tu és o Filho de Deus!’. E repreendendo -os, não lhes permitia falar, porque conheciam que Ele era o Cristo.” (Lc 4, 40-41)

Abaixo citarei algumas passagens somente para termos uma boa base sobre episódios na qual Jesus ou os Apóstolos pelo nome de Jesus expulsou o demônio:

“Uma grande multidão […] acorrera para ouvir e ser curada de seus males. Os que eram atormentados por espíritos malignos ficavam curados; e toda a multidão procurava tocar – lhe, pois emanava dEle uma força que curava todos.” (cf. Lc 6, 18-19)

“Os doze estavam com Ele, como também algumas mulheres que tinham sido livradas de espíritos malignos e curadas de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual tinham saído sete demônios.”(lc 8, 2)

“Logo que se foram, apresentaram – lhe um mudo, possuído do demônio. O demônio foi expulso, o mudo falou e a multidão exclamava com admiração: Jamais se viu algo semelhante em Israel.” (Mt 9, 33)

“Disse – lhes Ele: Ide dizer a esta raposa: eis que expulso demônios e faço curas hoje e amanha; e ao terceiro dia terminarei a minha vida.”(Lc 3, 31-32)

“O Principe deste mundo nada pode contra mim”(cf. Jo 14, 30)

“O príncipe deste mundo já esta julgado e condenado”(Jo 16, 11)

“Ele os enviaria a pregar, com poder de expulsar os demônios.”(cf. Mc 3, 14-15)

“Chamou os doze e começou a envia – los dois a dois;  e deu lhes poder sobre os espíritos imundos. Expeliam numerosos demônios, ungiam com óleo a muitos enfermos e os curavam.” (Mc 6, 7.13)

“Senhor, até os demônios se submetem em Teu nome!” ( Lc 10, 17)

“Ordeno – te, em nome de Jesus Cristo que saias desta mulher. E o espirito saiu imediatamente.” (At 16, 16-17)

Poderia aqui citar mais diversos versículos e trechos que a Bíblia nos dá em relação à força do nome de Jesus, mas gostaria de encerrar com um comentário dos primeiros autores cristão; Origenes que escrevendo contra Celso, fala da força do nome de Jesus para expulsar os demônios: “A força do exorcismo assenta no nome de Jesus, que é pronunciado enquanto, ao mesmo tempo, se anunciam os fatos relativos à Sua vida” E continua a dizer: ” Diz – se que, no nome de Jesus, se podem expulsar os demônios, não só das pessoas, mas também das coisas, dos lugares e dos animais.” Origenes ainda insiste “contra o uso dos magos, que os cristãos não fazem nenhum sortilégio, nem usam formulas secretas; mas exprimem a sua fé na força do nome de Jesus.”

Que saibamos onde reside a nossa força como cristãos!

Deus abençoe você!

Sobre o Autor:

Danilo Gesualdo, atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail: livresdetodomal@gmail.com Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga Twitter (danilogesualdo)

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 04UTC janeiro 04UTC 2011 em Geral

 

Tags: , , , , , , , ,

Podemos perder o nosso processo de Cura e Libertação?

Quando tomamos o propósito de termos uma vida plena em Deus, logo entendemos também de que para melhor servir – Lo precisamos entrar em um processo profundo de Cura e Libertação. Este processo é importante pois, permite que com o tempo vá caindo de nós tudo aquilo que nos impede livremente de caminhar em Deus. É um processo lindo, por vezes doloroso; mas sempre trazendo à nossa vida à liberdade em Deus.

Mas descobri que este lindo processo que por iniciativa de Deus foi iniciado em nós, ele pode ser perdido; que podemos regredir e até mesmo perder por completo tudo aquilo que já estava sendo cultivado dentro de nós por Deus.

Por isso precisamos aprender como nos manter neste processo. E precisamos aprender o que nos faz perder este processo já inicializado de cura em nós!

Mais uma vez quem nos ensina este lindo, mas exigente caminho é Pe. Rufus Pereira:

“Por isso precisamos saber como nos manter em um processo de cura:

Então a resposta é parecida com um outro tipo de pergunta, e esta pergunta é: Por que eu perco a minha cura interior ou a minha libertação?

A Primeira razão é a seguinte: É porque eu parei de perdoar , parei de pedir perdão e parei de rezar. Portanto para manter o processo de cura interior e libertação, eu preciso a continuar a me arrepender, eu preciso continuar a perdoar, eu preciso continuar a minha renuncia as minhas praticas ocultas.

Porque o arrependimento não é algo que acontece instantaneamente, é uma atitude de vida. Nós temos que nos arrepender até o momento da nossa morte. Porque o arrependimento é uma constante mudança de direção buscando encontrar o caminho de Deus. Portanto especialmente se a pessoas ficou infelizmente muito envolvida no pecado, às vezes não é suficiente fazer uma boa confissão, às vezes é necessário que quase todos os dias este arrependimento seja renovado. É o que a igreja nos convida a fazer no começo de todas as missas.

Com frequência os padres dizem que a RCC enfatizam demais o pecado e a culpa, mas isso não é verdade. Porque é a própria Igreja que nos convida a confessarmos os nossos pecados sempre no inicio da missa. Mas é porque este arrependimento nos faz ficarmos felizes como o filho pródigo.

A confissão é para ser uma experiência de alegria. Portanto um tipo de culpa errada faz você ficar triste. O tipo correto de culpa libera a alegria no coração.

Também se eu fui muito ofendido eu preciso renovar o meu perdão com freqüência.

E às vezes me perguntam como saber se de fato perdoaram aquela pessoa?! E digo que é quando geralmente você se pega rezando por esta pessoa. Se você esta rezando com frequência por aqueles que te ofenderam, você terá então a certeza de que os perdoou.

E ainda mais, se você teve um envolvimento muito grande com o oculto, então você precisa renunciar a estas praticas ocultas, não somente uma vez , mas com frequência. É por isso que todos os anos no período da páscoa a igreja nos convida a fazer a oração formal de renuncia, e a renovação das nossas promessas de batismo. Então é por isso que temos que renovar a nossa renúncia das práticas ocultas com frequência.

Portanto para manter-me no processo de cura e libertação preciso continuar me arrependendo, perdoando e renunciando.

A segunda razão pela qual eu perco o meu processo de cura interior e libertação é porque eu parei de rezar e ler a bíblia. Eu parei de manter o meu relacionamento profundo com Jesus. Porque a cura para nós Cristãos não é somente tomar um medicamento. A cura Interior é ter a cura e a presença de Jesus conosco, e é preciso manter o meu relacionamento com Jesus Àquele que cura e liberta.

E como eu mantenho este relacionamento?

Comprometendo  a mim mesmo a passar todo os dias em oração. Principalmente a oração de louvor e adoração. E eu preciso me comprometer a cada dia a gastar um pouco de tempo na leitura da Palavra de Deus. Mesmo que você consiga ler um versículo da Bíblia todos os dias é suficiente. Porque quando eu leio as escrituras Deus esta falando e eu estou escutando. E quando eu dou um tempo para a minha oração pessoal sou eu quem fala e Deus esta ouvindo. Então isso é relacionamento!

Suponhamos que num relacionamento nem a mulher e nem o marido falem, isso não é relacionamento!

Suponhamos que num relacionamento o marido e a mulher falem juntos o tempo todo, isso não é relacionamento.

Relacionamento é quando o marido fala e a esposa escuta, e quando a esposa fala o marido escuta.

É exatamente como deve ser o nosso relacionamento com Jesus.

Então para manter a mina cura e a minha libertação eu preciso me comprometer comigo mesmo há dar um tempo para minha oração e a minha leitura da Palavra.

E a terceira e ultima razão pela qual eu perco o meu processo de cura e libertação é porque eu parei de agradecer a Deus. Eu parei de dizer aos outros o que Deus fez por mim. E eu não me preocupo em ajudar os outros que tem problemas iguais aos meus. Portanto para manter minha cura e libertação eu preciso agradecer ao Senhor todos os dias, não esquecendo aquilo que Deus fez por você.

Então se você quer manter a cura que você recebeu, certifique se de agradecer.

E uma razão que pode fazer com que eu perca a cura é porque eu não testemunho a cura.”

Espero que este ensinamento possa nos levar a ter atitudes concretas em nossa vida! É algo muito serio e que precisamos ser responsáveis pelo nosso amadurecimento como Cristãos.

E neste processo de cura e libertação, para sermos “Livres de todo Mal” precisamos de disciplina.

Peça a Deus a graça de você ser disciplinado(a).

Depois me conte os resultados.

Deus abençoe você!

Sobre o Autor:

Danilo Gesualdo, atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail: livresdetodomal@gmail.com Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga Twitter (danilogesualdo)

 
2 Comentários

Publicado por em 3 03UTC janeiro 03UTC 2011 em Geral

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

 
%d blogueiros gostam disto: