RSS

O amor como força de Cura e Libertação

03 out

Reflexão do dia…

Começamos neste mês de Outubro, uma série de breves artigos, que na verdade serão uma reflexão de todo o livro de Provérbios, um capitulo por dia, que nos ajudará a trilharmos um caminho de Cura e Libertação através deste livro.

Deus abençoe você e que o próprio Deus nos ajude a sermos LIVRES DE TODO MAL…

Provérbios 3:

“Não recuses favor a quem dele necessita, se está em teu poder fazê-lo. Não digas ao amigo: “Volta depois, amanhã eu te darei”, se podes atender logo.” (Prov. 3, 27-28)

Neste dia de hoje o convite que o Senhor nos faz é fazer o bem a quem podemos. É amar o outro com um gesto concreto.
Quantas são as pessoas que nos rodeiam e sempre nos solicitam um favor, se podemos emprestar algo, se podemos leva-los a algum lugar. Pessoas batem em nossos portões pedindo um prato de comida, um copo de agua, e as vezes nem isso temos a coragem de dar. Olhamos pela janela e vemos o pobre em nosso portão, e somos capazes de ficar dentro de casa até que este vá embora.
Não vamos nos esquecer que Jesus pode estar “disfarçado” naquele pobre, e O deixamos lá, esperando e sozinho. Eu acredito que por muitas e muitas vezes Jesus se “disfarça” e vem até nós, e não quero nem pensar nas vezes em que eu já O rejeitei…

O convite deste dia é para fazermos o bem que nos é possível no hoje, seja para quem for! É assim que a Palavra de Deus nos inspira: “Não recuses favor a quem dele necessita, se está em teu poder fazê-lo. Não digas ao amigo: “Volta depois, amanhã eu te darei”, se podes atender logo.” (Prov. 3, 27-28)

O amor, um sorriso, um abraço tem o poder de libertar uma pessoas das forças do demônio!

Para terminar vou contar um testemunho pessoal que vivi.
Estava eu rezando por uma mulher em um dos encontros com Padre Rufus aqui em Cachoeira Paulista, e me lembro que era um caso no qual outras pessoas já haviam rezado e não tinham conseguido muitas coisas…Até que vi o caso dela e comecei a rezar por esta mulher. Vi que de fato era um caso grave, mas que infelizmente o Acampamento de Cura e Libertação estava acabando, e esta mulher precisaria voltar para casa dela, e infelizmente parecia que não conseguiria ser liberta.
Fui tomado de um sentimento de compaixão por esta mulher, que acho que nunca senti por ninguém daquela forma. Pois eu via a luta dela para se libertar do demônio, mas via que ela já estava exausta e não consegui mais reagir…Então falei para Jesus que não sabia mais o que fazer…E mesmo ainda tomada pelo demônio, eu me abaixei e abracei aquela mulher. Fiquei por alguns minutos somente abraçado com ela, e quando menos esperava, esta mulher estava completamente liberta do demônio. Sei que ela tinha sido liberta, dava para ver nos seus olhos que ali o demônio não mais estava. Fizemos uma breve oração de renuncia e louvamos a Deus por aquele momento. Sei que o poder da compaixão libertou aquela mulher do demônio!

Portanto sejamos neste dia a força do amor e da compaixão de Deus que age para o bem do outro!

Deus abençoe voce!

* Não vamos nos esquecer que de 15 à 18 de Novembro, temos o nosso Acampamento de Cura e Libertação com a presença de Padre José Fortea, Exorcista espanhol.

Leia também:

1. PERGUNTE E RESPONDEREMOS

2. Eu escolho ser de Deus

Danilo Gesualdo, é membro da Comunidade Canção Nova e atua junto ao Ministério de Cura e Libertação, residindo em nossa sede em Cachoeira Paulista.
Para contato me envie um e-mail:
livresdetodomal@cancaonova.com

Saiba mais sobre: Danilo Gesualdo ou siga – o no Twitter (danilogesualdo)

Anúncios
 

Tags: , ,

Deixe aqui o seu comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: